Domingo, 23 de Outubro de 2011
por Sérgio Lavos

Gestores de topo com pensão vitalícia para ex-políticos. São mais de 400 antigos políticos (só não estão incluídos no rol membros do BE) que beneficiam de uma benesse revogada em 2005 pelo Governo PS. Entre eles, um dos padrinhos da nação, Jorge Coelho, e um dos homens da Coelha, Dias Loureiro, que já veio dizer, com o maior desplante do mundo, que não prescindirá da subvenção vitalícia. Recorde-se que estamos a falar de alguém que, se este fosse um Estado de Direito, já teria sido julgado por crimes de colarinho branco que têm custado milhões que saem do bolso dos contribuintes. Há de facto um limite para os sacrifícios dos portugueses.

 

(Miguel Macedo, esse, abdicou do seu subsidiozinho. Mas fê-lo esperneando, que 1400 euros sempre são 1400 euros. Sim, é mesmo légau, o subsídio, e só dele prescinde para não o chatearem mais. É esta a massa de que são feitos os nossos governantes: a legitimidade moral é um conceito alienígena e apenas cedem quando são pressionados pela opinião pública. E sim, claro que num país verdadeiramente democrático ele se teria imediatamente demitido. Assim como José Cesário, que se mantém calado. Como, já agora, continuam os blogues de direita.)


por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

35 comentários:
E o camarada "Carbalhazzzzz" ????


No outro dia estava todo inchado no Prós e Contras, nem lhe cabia um alfinete na peida, e vai-se a ver também é um dos mamões.


Coitado do camarada "Carbalhazzzz" o pobrezito que pelos vistos nem vem de uma família rica, abicha assim como não quer a coisa 2800€.


Ah valente comuna !

deixado a 23/10/11 às 21:30
link | responder a comentário | discussão

Anónimo
É só isso que tem a dizer?


O que quer que lhe diga mais ?


Que o Vara, o Loureiro, o Coelho já deviam estar a ver o sol aos quadradinhos há muito tempo ? 


O queria que lhe dissesse que nunca se fez nada sobre o assunto porque TODOS os partidos são contra !!!


DSC
Curiosa a postura do BE na votação da nova lei de financiamento dos partidos também..

deixado a 1/11/11 às 13:20
link | responder a comentário | início da discussão

" Ah valente comuna ! "


Sargento Cunha,

A tua sorte em não te mandar catar cagados é este liminar aparte do Sergio Lavos (só não estão incluídos no rol membros do BE).


 


Só não estão gajos do BE porquê ? Porque o BE tem poucos anos de vida, ou tens duvidas ?



Caga Osgas,

Em 400 encontrares um é do PCP e o problema passa a ser esse.

E se fosses dar banho aos bacorinhos???

Se estamos onde estamos, muito se deve a mentalidades de merda como a tua.

Como dizem na minha terra, abre os olhos mulaaaaaaaaaaaaaaa


ó Bolota, lá voltámos nós aos insultos...


Mas quem te disse que nessa listagem só está 1 do pcp ?


queres mais 2 ? 


Luisa Mesquita e Odete Santos !


Sargento Cunha,


Ainda te lembras qual é o tema em discussão??? O tema em discussão é: Gestores de topo com pensões vitalícias para ex-políticos e não quantos comunistas a ela recorreram.


É este anti-comunismo primário que se torna bacoco.


Sabes o que vou propor??? Que os deputados, vereadores, qualquer cargo desempenhado por comunistas, não seja remunerado, isso fica para as Assunções Esteves da nossa praça que mesmo reformada aos 42 anos, sim aos 42 anos, desempenha o 2º mais alto cargo da Nação aos 54 anos sentada em 2500 € que somará ao ordenado que por certo ganhará...


Atina meu.







não é anti-comunismo, é anti-demagogia que é bem diferente.

deixado a 25/10/11 às 22:11
link | responder a comentário | início da discussão

Clint Eastwood
Olha, amante de padrecos, sabes para onde é que vão os 2800€ que o Carlos Carvalhas recebe? Para o PCP!!! É isso é que o faz comunista!


ó violador da Casa Pia, e se entregar o dinheiro ao partido já não há problema ???


ó palhaço, o dinheiro e dos Portugueses não é do pcp....

deixado a 24/10/11 às 10:39
link | responder a comentário | início da discussão

xico
Você tem uma obsessão pelos padres! Ande de olho em algum, ou é por ser comunista que tem atracção por vivências comunitárias conventuais?
Se fosse eu que recebesse os 2800 € de certeza que não iam para o PCP. Iam directamente para a família. E se isso não me faz comunista, azar o deles.

deixado a 24/10/11 às 13:13
link | responder a comentário | início da discussão

A.Silva

Plos vistos a intervenção do Carvalhas deixou-lhe qualquer coisa atravessada na garganta, de tal forma que ainda hoje não consegue pronunciar o seu nome sem ficar azamboado.


 


Tome um calmante que é capaz de melhorar.




Normalmente tenho azia quando vejo hipócritas que vão para a televisão pavonearem-se !!!

deixado a 24/10/11 às 11:50
link | responder a comentário | início da discussão

A.Silva

Plos vistos a intervenção do Carvalhas deixou-lhe qualquer coisa atravessada na garganta, de tal forma que ainda hoje não consegue pronunciar o seu nome sem ficar azambuado.

Tome um calmante que é capaz de melhorar.

deixado a 24/10/11 às 11:11
link | responder a comentário | início da discussão

LGF Lizard
Claro que é legal. Leis feitas por eles e para eles.

É por estas e por outras que ainda se admiram que hajam portugueses a chamar por Salazar. É que o velho Botas de Santa Comba era um ditador, mas em termos de honestidade batia esta malta toda aos pontos.

São idiotas como os nossos políticos que estragam e põem em causa a nossa democracia.

deixado a 23/10/11 às 21:46
link | responder a comentário

Não é bem assim.
No meu blog (claro que é uma coisa minúscula na blogsfera) disse o que tinha a dizer.

deixado a 23/10/11 às 21:53
link | responder a comentário | discussão

web/sniper

Chatices...

Bem-aventurados daqueles (como o ministro M. Macedo) que podem prescindir de um subsídio só para não se chatearem!...
Pelo contrário, milhares de funcionários públicos e pensionistas foram autoritariamente despojados dos seus subsídios e, ao que parece, ficaram chateados...E não deviam. Porque como lhes foi dito e sublinhado não existe qualquer alternativa (a esta chatice). A não ser a chatice de morrer na miséria.

deixado a 23/10/11 às 22:07
link | responder a comentário | início da discussão

"Pirralha...eu?"

Sérgio Lavos


Como diria o fotógrafo do telemóvel, isto são pintelhos.


Pá, estás a ser invejoso como diz o grande economista comentador do Arrastão?


Ou estás armado em chato, com uma má vontade do caraças contra quem faz pela vidinha deles?


Gaita, quem se habituou à lagosta não podia fazer o sacrifício de se adaptar à sapateira.


Vê lá se consegues ser mais compreensivo com esta gentinha, abnegadamente ao serviço de todos os compadres deles.


Beijocas


Cristina


deixado a 23/10/11 às 22:02
link | responder a comentário | discussão

Nós estamos habituados a tratar pentelhices destas como se não tivessem qualquer importância. É um erro. Temos de obrigá-los a respeitar as regras democráticas e da ética para que eles consigam respeitar-nos. E é só chateando, chamando a atenção, falando disso, que se consegue alguma coisa. O facto do ministro Macedo ter cedido não é, de todo, um pentelho.


"Pirralha...eu?"

Sérgio Lavos


O meu comentário teve a intenção de ser irónico, sarcástico ou coisa parecida, pois qualquer destas coisas pode ser uma arma como a cantiga.


Como não consegui passar essa ideia, peço desculpa.


Mas noutro comentário ao teu post “Reestruturação da dívida da Grécia não é boa solução” disse, entre outras coisas:


“Ouvi e li isto


O primeiro-ministro aproveitou ainda para acalmar as instituições financeiras nacionais sobre o papel do Estado, caso a banca recorra aos 12 mil milhões de euros, disponibilizado no programa de assistência: «O Estado será um accionista passivo. Servirá para reforçar o processo de recapitalização e retirar-se logo que possível.»


Pois, passivo mais passivo do que o senhor dos Passos a dar o rabiosque ao capital financeiro, não há!”


A intenção foi a mesma e parece que a acolheste no teu post Novas formas de fazer o amor.


Aí, escreveste a determinado passo "é um prazer ajudar os nossos bancos, a sodomia passiva é a quintessência do capitalismo financeiro".


Pronto, são coisas que acontecem e já agora, que os apoiantes deste governo façam brevemente o seu período de nojo, luto ou o catano.


Beijocas


Cristina


deixado a 23/10/11 às 23:51
link | responder a comentário | início da discussão

Fernando Rocha
Apoiemos as declarações de Vasco Lourenço. Vamos fazer um novo 25 de Abril !...
F. Rocha, autor do site www.misturagrossa.net

deixado a 23/10/11 às 22:02
link | responder a comentário

Filipe Feio
Eu não acredito nestas declarações: http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=27&did=35829. Será que se esquece de que o subsídio foi por ele requerido, por ele que vive há muito em Lisboa? É que não lhe caiu no colo!

Este senhor ainda tem a lata de vir, de forma absolutamente arrogante e profundamente hipócrita, vestir a pele da seriedade ofendida, para nos dizer que vai abdicar de uma coisa que é sua por direito, apenas porque não quer perder "um minuto" da sua atenção? Ouviram bem? Apenas porque quer estar "concentrado" naquilo que quer fazer?

Ou seja, atribui a esta "polémica", e àquilo em que a mesma se funda, um cariz perfeitamente irrelevante: é uma distracção, coitado do homem. O tipo vai renunciar, sim, mas não porque é eticamente reprovável. Isso é que não... Vai renunciar, sim, mas para não se desconcentrar daquilo que considera essencial. Ah pois, o que é que pensavam?

Porque isto de roubar os portugueses não passa de uma coisa perfeitamente acessória...

Deixem-no estar concentrado, oh sócios...

deixado a 23/10/11 às 22:06
link | responder a comentário

nojo é nojo lá isso é, mas ó sr sérgio lavos olhe que misturar o dias loureiro com o jorge coelho; que diabo.

deixado a 23/10/11 às 22:07
link | responder a comentário | discussão

é verdade...


o coelhone já terá lesado o estado Português bem mais que o loureiro.


MetroidSamus
Portanto, uma meretriz que esfola 4 cabritos por noite é menos meretriz que uma que esfola 5 é isso?

deixado a 24/10/11 às 00:25
link | responder a comentário | início da discussão

LAM
Como diz a Pirralha aí acima, isto apesar das repercussões que tem na opinião pública pelo que atestam da autoridade moral e política de quem pede sacrifícios aos outros, são pentelhos. Por essa via e dada a quantidade de casos (que são esquecidos na semana seguinte até à descoberta de um próximo), é como andar a catar chatos com uma luva de boxe.

Falemos a sério destas coisas: quem se atreve (e na Ass. da República que partidos se atrevem a propor e disso fazerem publicidade para que também se saiba quem está contra), a limitar a acumulação de pensões e o estabelecimento de um teto máximo das pensões pagas pelo Seg. Social ou CGA ?  Temos já exemplo de alguns países, como a Espanha aqui ao lado, em que foi colocado um limite (creio que à volta de 2.500€). Há que criar um limite, indexado ao valor do ordenado mínimo (por ex. teto máximo de 4 ou 5 ordenados mínimos). Isto é assunto.

deixado a 23/10/11 às 22:46
link | responder a comentário | discussão

Mas tambem sabe que essas pessoas passam a descontar sobre o valor correspondente. Sabe isso não sabe ?

deixado a 23/10/11 às 23:07
link | responder a comentário | início da discussão

São 400 tipos que fazem com que se diga: "os políticos são todos iguais só querem o tacho" e não é verdade. O Gaspar deveria acabar com esta benesse.

deixado a 23/10/11 às 22:51
link | responder a comentário

Em primeiro lugar, é óbvio que não foi por decisão pessoal, por altruísmo, que Miguel Macedo, irá abdicar do subsídio que recebeu. A renúncia ao subsídio vem do facto de ter causado indignação no Povo, vem do facto de se ter sabido e agora o Ministro quer lavar a face.
Se fosse por sua decisão pessoal, nunca teria aceitado receber o subsídio de alojamento.

Em segundo lugar, embora se leia nesta notícia do Público que Miguel Macedo é o único caso deste tipo podemos facilmente encontrar noutros órgãos de comunicação social o oposto. Deixo aqui a peça do Jornal de Notícias:

«Entre os nove abrangidos estão Miguel Macedo, ministro da Administração Interna e José Cesário, secretário de Estado das Comunidades, ambos com casa em Lisboa, segundo a declaração de rendimentos e património entregue no Tribunal Constitucional.
Miguel Macedo indicou como morada fiscal um apartamento em Braga, mas declarou também que tem uma casa de 4 assoalhadas em Algés, na rua Fernando Curado Ribeiro, com uma hipoteca a favor do Millennium BCP.
O secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, indica uma morada de Viseu como residência oficial, declarando em simultâneo ser proprietário de um apartamento na Parede, em Cascais.»

Não sei quem está a falar verdade... Espero que se esclareça a confusão.

Roubar é sempre vergonha, não só quando descobrem o furto.

Relativamente às subvenções vitalícias pouco há a dizer. São a roubalheira que sabemos. Quanto ao facto de do rol não constar ninguém do BE é positivo para a Esquerda. Se constam nomes do PCP tenho imensa pena, pela mesma Esquerda.

Cumprimentos.

deixado a 23/10/11 às 23:23
link | responder a comentário | discussão

MetroidSamus
"Roubar é sempre vergonha, não só quando descobrem o furto." Pois, o problema é que estes meninos, mesmo engravatados e bem "subsidiados", são tugas. E os tugas têm duas frases que dizem tudo: "Vergonha é roubar e ser  apanhado" e "Viver não custa, o que custa é saber viver." 

deixado a 24/10/11 às 00:29
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador