Quarta-feira, 6 de Fevereiro de 2013
por Sérgio Lavos

Ora bem, então é assim: em Outubro passado, Alexandre Nuno Vieira e Brito era membro da Comissão de Recrutamento e Selecção da Administração Pública. Nesse mesmo mês de Outubro, essa comissão abriu um concurso para o cargo de director-geral de Veterinária. Quem foi o nomeado pelo Governo para director-geral de Veterinária? Se pensou em Alexandre Nuno Vieira e Brito, acertou, caro leitor. A nomeação definitiva aconteceu no dia 30 de Janeiro, depois de Alexandre Nuno Veira e Brito (gosto da pomposidade que emana dos nomes compridos da gente fina do CDS-PP) ter ocupado esse lugar provisoriamente desde o passado mês de Novembro. No dia 31 de Janeiro - sim, um dia depois de ser nomeado director-geral de Veterinária - Alexandre Nuno Vieira e Brito foi indicado pelo CDS-PP como novel secretário de Estado, por sinal numa pasta criada por Assunção Cristas, a supinamente baptizada "Secretaria de Estado da Alimentação e Investigação Agro-Alimentar", seja lá o que isso for. De acordo com as regras da administração pública, quando sair do Governo o sr. Alexandre Nuno Vieira e Brito terá o seu lugar garantido como director-geral de Veterinária. O lugar, recordemos, para o qual foi nomeado dois dias antes de ser apontado como secretário de Estado. Depois de uma decisão da Comissão de Recrutamento a que ele pertencia em Outubro passado. Tudo claro, certo e limpinho? Claríssimo, não sei como poderá haver dúvidas neste processo. Aliás, reforça-se a ideia: este Governo está em roda livre, sente-se legitimado para fazer às claras o que até há pouco era feito nas sombras. Estamos todos de parabéns.


por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

12 comentários:
Como já foi aqui dito anteriormente o descaramento é total. O poder e o capital sentem-se legitimados para dizer e fazer tudo. Não temem nada nem têm qualquer tipo de consciência. Do CDS não há muito mais a dizer. É pequeno, minúsculo e repugnante. Não acreditam em nada senão no seu próprio interesse. Sei que há quem ainda tenha esperança mas dali não virá nada de bom. Estes pipis sentem-se bem a chafurdar na lama.

deixado a 7/2/13 às 00:23
link | responder a comentário | discussão

Pão Metálico
Caro Fábio,

Peço desculpa mas enganou-se no »pequeno, minúsculo e repugnante«: porque raio chamou o BE à baila?

E continua: »Não acreditam em nada senão...«. Tipificar o BE neste seu comentário? Não compreendo.


Noto aí alguma obsessão? Não? Parece. Da minha parte não haverá. Digo como ponto prévio que nem sou militante nem nunca votei no BE, agora dizer que não acreditam em nada não parece ter em conta a realidade. Denoto alguma falta de solidez ideológica mas que existem ideias no BE existem. Quanto ao CDS é pequeno e minusculo e não tem qualquer ideia. Porquê? Algumas palavras... CDS disse algo sobre a limitação de mandatos nas autárquicas. Fez o contrário em Lisboa. E que pensa o CDS de submarinos, partidos com contas paralelas, depósitos em dinheiros vindos não se sabe de onde. E este post do Sérgio Lavos que não comentou porque estava demasiado ocupado a fazer de claque? O que pensa o CDS sobre isto? E já agora o que pensa o Pão Metálico sobre tudo isto, se é que pensa alguma coisa. Esta direita que pensa que comentar politica é o mesmo que comentar futebol tem problemas com a realidade, eu sei. Mas que eu saiba nada disto foi feito do BE. Pode não concordar com as ideias, em com certeza não concordo com as supostas ideias do CDS apesar de elas mudarem mais rapidamente que eu troco de roupa. Mas o que está aqui em causa não é isso. Um partido não é pequeno e repugnante porque não se gosta das ideias, mas sim porque as troca por interesses pessoais, partidários e financeiros. O CDS interessa-me muito mais por poder que pelo seu eleitorado.


Pão Metálico
O que eu penso de tudo isto, e esta resposta também serve para o caro pEralta, já toda a gente sabe e não voltarei a escrever,.

Tem piada falar da rotina de comentadpr de futebol quando foi isso exectamente que fez no seu primeiro comentàrio,

repugnate, pipis, chafurdar, lama.

Tomo nota que acusou o toque e não gostou.

Não sei a quem se refere quando fala de gente de direita. Onde é que ela está? Certamente não se estará a referir aos palhaços que nos governam, que eeses, para mim, não passam de socialistas, comunistas e outras patologias, embora encapuçados. E maus...


Anónimo
Primeiro que tudo não sei de que toque fala. Lá estava não estava no futebol. Por falar em futebol, falei em claque por ouvir falar em BE quando aquilo que estava aqui em causa era uma situação especifíca do CDS, que reforço para mim está a chafurdar cada vez mais na lama. E não me lembro do BE ter dedo no estado a que isto está a chegar. E sim as atitudes do CDS são repugnantes e sim eles são pipis. Sim são adjectivos e sim alguns popularuchos mas sabes que nós, gajos de esquerda somos incorrigiveis. Quanto às suas opiniões não as conheço. Leio mais os posts que os comentários e tento referir-me a eles quando comento, por isso não sei a sua opinião. Quanto a este governo ser de esquerda tenham paciência. Sim os impostos são altos. Mas e a redistribuição onde está? Parecendo que não também faz parte. Nem tudo o que sobe impostos é de esquerda. Mas eu sei, quando não se gosta é chamar socialista e pronto. Está resolvido.

deixado a 7/2/13 às 17:19
link | responder a comentário | início da discussão

Primeiro que tudo não sei de que toque fala. Lá estava não estava no futebol. Por falar em futebol, falei em claque por ouvir falar em BE quando aquilo que estava aqui em causa era uma situação especifíca do CDS, que reforço para mim está a chafurdar cada vez mais na lama. E não me lembro do BE ter dedo no estado a que isto está a chegar. E sim as atitudes do CDS são repugnantes e sim eles são pipis. Sim são adjectivos e sim alguns popularuchos mas sabes que nós, gajos de esquerda somos incorrigiveis. Quanto às suas opiniões não as conheço. Leio mais os posts que os comentários e tento referir-me a eles quando comento, por isso não sei a sua opinião. Quanto a este governo ser de esquerda tenham paciência. Sim os impostos são altos. Mas e a redistribuição onde está? Parecendo que não também faz parte. Nem tudo o que sobe impostos é de esquerda. Mas eu sei, quando não se gosta é chamar socialista e pronto. Está resolvido.


O que está resolvido é que o senhor tem dupla identidade com a mesma personalidade.
Não é o único.
Para a próxima vez quando carregar no "enter" tenha mais cuidado.


Do pouco que já vi o Fado Alexandrino gosta de dar bicadas com em quem não concorda. Não é a minha maneira de conversar. Até porque, já tendo percebido que em geral não concordo consigo, há aqui um artigo em que concordei com um comentário seu, até porque me pareceu-me dos poucos em que realmente comentou o post em causa. Repito que não ando a ler os comentários, venho aqui pelos posts. Também lhe digo isto, com todo o respeito e sem ironia: se espera da minha parte que responda às suas bocas com outras está enganado. Não venho a blogs para jogar ping-pong. posso discutir temas, não bocas. 

deixado a 9/2/13 às 15:01
link | responder a comentário | início da discussão

José Peralta
Pão Metálico

E além da "bicada" no BE, tem alguma coisa a dizer sobre o teor do post do Sérgio Lavos ?

Sobre o compadrio, a corrupção, o descaramento desta gentalha ignóbil, o que tem o Pão Metálico a dizer ?

Não se revolta, não se sente insultado, não tem, ao menos, um comentário que seja mais consistente e revelador do que, bem ou mal, realmente pensa da gentalha ?

Tipificar o BE neste comentário, Pão Metálico, sinceramente...não compreendo !

Já agora, a SIC, está a transmitir 4 reveladoras reportagens (já transmitiu 2), do "polvo BPN"...

Está ao corrente, ou não quer tomar conhecimento ?




 

deixado a 7/2/13 às 13:46
link | responder a comentário | início da discussão

Nightwish
Que mais há a dizer? A direita radical continua a apoiar esta merda, já se acontecesse com gente do PS tava tudo com o pito aos saltos.
Já nem há palavras, nem no tempo do Sr Lopes esta merda estava tão ridícula.

deixado a 7/2/13 às 00:35
link | responder a comentário | discussão

António
De acordo. O Santana ao pé disto era um estadista.

deixado a 7/2/13 às 09:44
link | responder a comentário | início da discussão

Alexandre Carvalho da Silveira
Caro Sérgio, por uma vez seja lá mais rigoroso. O homem por ter ido para sec de estado, perdeu o lugar de director-geral, que aliás ganhou por concurso, que a ministra como é evidente teve de homologar. E também não fez parte da comissão que avaliou os candidatos ao lugar de director-geral. Tanto um facto como outro, decorrem do cumprimento da Lei. 
É assim que se perde a credibilidade, e para este peditório, nem o Bloco deu. Desta vez as despesas ficaram a cargo do PêCêPê, que teve de meter a viola no saco!

deixado a 7/2/13 às 18:56
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador